Só Notas Boas Bastam?

23/03/2014 19:19

                           

Desde que iniciei os meus estudos sobre Criatividade e Inovação e ao observar o ensino praticado pelas nossas escolas, pude observar que as escolas não têm ajudado os estudantes no desenvolvimento de habilidades exigidas para o mercado de trabalho, como criatividade, capacidade de se relacionar e de trabalhar em grupo e persistência para vencer desafios.

Isso é muito claro na geração atual, as que são denominadas geração Y que vem com uma forte sede de galgar posições extremamente importantes nas organizações e por sua vez, não possuem essas habilidades básicas para assumirem cargos diretivos nas empresas. De acordo com James Heckman, vencedor do prêmio Nobel de Economia em 2006, tornou-se uma celebridade ao defender o investimento em educação infantil como uma forma de tornar a população mais produtiva, onde identificou por meio de estudos em programas nos Estados Unidos que alguns estudantes perdiam o interesse pelos estudos, pois o conteúdo acadêmico concentrava-se somente nas questões teóricas e deixavam de lado o mercado de trabalho e eram justamente as de menor sucesso. Quando houve uma conexão do mundo acadêmico com a carreira profissional, houve maior interesse e os resultados melhoraram.

Com o advento tecnológico e como permeiam as informações alterando-se em questões de minutos, o ensino deve explorar e preparar os estudantes para que sejam agentes transformadores e questionadores de tudo o que ocorre ao nosso redor, proporcionando mudanças que nos permitam ter um mundo mais justo e melhor, conectando-os desde cedo no âmbito organizacional, a fim de não só proporcionar maior motivação para aprendizado do conteúdo acadêmico, mas também chegarem mais preparados para os desafios organizacionais impostos pelo mercado.

 

Voltar

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!