É Possível Medir a Criatividade?

11/05/2014 21:16

                             

Uma questão que tange a gestão – de uma forma geral, e não só a da criatividade – é a necessidade de indicadores. A criatividade é algo que, a priori e por natureza, escapa a uma medida exata.Assim como a literatura aponta inúmeros conceitos para o termo criatividade, muitos também são os meios encontrados na revisão bibliográfica de medir a criatividade. Embora muitos deles sejam confiáveis e apresentem resultados relativamente consistentes, ainda não se tem como saber se eles efetivamente medem a criatividade de uma forma que se aplique fora do contexto específico da situação de teste.

Hocevar e Bachelor (1989) apud Terra (1998) encontraram vários tipos de trabalhos de mensuração, e classificaram de forma geral oito grupos principais:

a) trabalhos com testes de pensamento divergente

b) inventários de atitudes e interesses

c) inventários de personalidade

d) inventários biográficos

e) avaliações por professores, colegas e supervisores

f) julgamento dos produtos criativos

g) trabalhos com eminências

h) auto-relato de realizações e atividades criativas

Dentre esses, Terra (2000) destaca um bastante utilizado: o Torrance Tests of Creative Thinking (TTCT), que foi desenvolvido por E.P. Torrance nos anos 60 para uso educacional. É baseado na rapidez com que os indivíduos produzem respostas inteligentes e originais, e procura medir quatro aspectos distintos da criatividade: fluência, flexibilidade, originalidade e elaboração.

Voltar

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!